O Melhor Curso de Inglês Online para você estudar em Casa

O Melhor Curso de Inglês Online para você estudar em Casa

melhor-curso-ingles-online-da-internet-para-fazer-em-casa-min

 

Muitas são as escolas e cursos online de Inglês que estão sendo ofertados atualmente. Separamos aqui algumas dicas e cuidados infalíveis que podem te ajudar na escolha do melhor curso de Inglês, que vai fazer você realmente FALAR inglês… let’s go?!

Na minha experiência, o primeiro ponto que você deve analisar antes até de buscar um curso do idioma Inglês é, ter uma idéia clara do que você espera encontrar, ou seja, qual a finalidade que você quer para com o Inglês? Defina seu objetivo… e tenha em mente que, talvez não exista o melhor curso de inglês, mas existem diversas metodologias com variados perfis de ensino, tempo de curso, ferramentas para desenvolver o aprendizado, e uma infinidade de recursos desde os tecnológicos até os mais simples e diretos; e consequentemente isso faz toda diferença no resultado final e na motivação ao longo da sua jornada de aprendizado do Inglês.

Por exemplo, você pode ter cursos online de Inglês que ofereçam muito material extra, plataforma moderna com área do estudante para você baixar áudios, ver vídeos com nativos em situações reais do dia à dia em hotéis, mercados, aeroportos, farmácias, lojas de roupas, etc., resumindo, tudo que qualquer pessoa certamente iria precisar para quando estiver no exterior; e tudo isso parece muito bacana, muito produtivo, poque enche os olhos dos estudantes, e podem realmente trazer bons resultados de aprendizagem, com certeza, por outro lado, pense comigo nesta frase: Quem não se escuta não se ouve.

O que estou querendo dizer para você é o seguinte, desenvolver o pensar em Inglês vai além do recurso que você está utilizando, na verdade, pode até ser mais simples e necessitar de quase nenhum recurso tecnológio poderoso. O que esta pequena frase quer dizer é, que quando falamos com alguém, nos ouvimos melhor e quando falamos algo direcionado para nós, processamos melhor a informação.

Deixa eu te explicar com mais detalhes…

Desed criança você aprendeu a falar a língua portuguesa como? Escrevendo? Lendo? Ouvindo? Falando?

Claro, você observava os adultos, seus gestos, suas fisionomias, caras e bocas e prestava atenção em tudo. E durante esse processo, você começou a receber estímulos para falar, mesmo sem conseguir falar nada.

Passados alguns meses você começou a soltar as primeiras palavras. Eram palavras muitas vezes com pronúncias erradas, sem entonações e contendo erros, por exemplo chamando o “papai” de “pep…” , chamando a “mamãe” de “mmm…” , e assim você foi praticando com um adulto te corrigindo com risadas e repetição das mesmas palavras, trocentas vezes de forma diferente, até que você conseguiu pronunciar corretamente.

Pois bem, uma criança que nasce em um país cuja língua materna é o Inglês, aprende a Falar de forma diferente dessa que relatei?

Em todos os lugares do mundo as pessoas aprendem a falar o próprio idioma da mesma forma!

Portanto não tem uma receita mágica ou recursos tecnológicos que substituam o processo de aprender a Falar uma nova língua, portanto busque simplificar.

O melhor curso de Inglês que você vai encontrar, seja ele online ou não, mas aqui vamos concentrar no Inglês online, é ideal que sua abordagem seja na conversação do Inglês; O idioma falado promove resultados mais rápidos que a abordagem expositiva e tradicional, que acontece através de textos, leituras e gramática.

Voltando para aquele exemplo que citei sobre a abordagem de situações reais com gringos em diversos lugares, pode parecer muito legal e também promover bons resultados, por outro lado, muitas pessoas não se conectaram com isso nos primeiros momentos do aprendizado do Inglês. E você deve estar se perguntando.

Por que o inglês assim talvez não funcione para o aluno iniciante?

Simples, voltando ao exemplo da forma natural de aprender Inglês como uma criança… você acha que uma criança que está começando aprender a falar, ou seja, soltando ainda as primeira palavrinhas, vai conseguir entender essas situações reais do dia à dia?

Pense nas crianças… seriam situações ainda complexas para elas, e talvez até chatas, por serem difíceis de extrair delas o que realmente o método quer passar. E isso pode causar frustração, pode desmotivar, e pode ainda causar um efeito que considero o pior de todos, que é o aluno desenvolver vícios de Tradução.

Por ter experiência em ter contato com muitos estudantes da língua inglesa em minha escola de idiomas, já vi muitos alunos que chegam cheios de vícios de linguagem. Eles não conseguem pensar diretamente em Inglês, portanto na hora de falar, eles fazem traduções mentais pensando em Português primeiro, para assim encaixar todas as regras da gramática e estruturas que aprenderam nas frases, depois eles traduzem tudo para o Inglês e soltam.

Percebe o percurso e o tempo que eles gastam para conversar em Inglês?

Estes são efeitos que os métodos tradicionais de ensino de Inglês, também causam nos estudantes. Eles até falam inglês, no entando não pensam em Inglês, porque estão viciados em tradução, portanto eles traduzem tudo que falam e leêm.

Então…

Qual o melhor curso de Inglês online?

Para resumir tudo que falamos até agora, você pode perceber que o melhor curso para aprender Inglês online não é o que tem o melhor recurso, plataforma, Apps, ou qualquer outro tipo de firula, mas sim que esteja alinhado com o seu objetivo e que te forneça o simples, mas o principal, que é o recurso que te possibilite treinar a escuta e a fala, com um método que promova a repetição de forma inteligente e direcionada, em sua estrutura.

Voltando ao exemplo que citei do aprendizado natural da criança, todos nós já possuímos nossa mente a programação mental para aprender, exatamente desse modo, como a criança… é como se nossa memória fosse um disco rígido de computador, onde vêm de fábrica em branco, e nossos pais instalam ali um sistema operacional.

Então o sistema operacional é como se fosse a engrenagem mestra de nossa memória, e todo o resto que irei instalar depois ali neste disco rígido, serão engrenagens menores que serão agregadas à engrenagem mestra, o que quero dizer é que você já têm em sua memória toda estrutura preparada para aprender qualquer língua, não só o inglês. E da mesma forma que você aprendeu Português, se você submeter um processo parecido, certamente vai levar ao mesmo resultado, só que como nós já temos muito bem estruturada a nossa língua mãe, nós conseguimos aprender qualquer outro idioma muito mais rápido, pois temos já os conceitos básicos de vocabulários de coisas, animais, objetos, gramáticas, letras e habilidade de escrita e leitura, etc, portanto tudo isso faz acelerar o processo de aprendizagem do Inglês, ou qualquer outro idioma, desde que aplicado da forma correta.

Principalmente os alunos iniciantes têm muita dificuldade em aprender, pois como são variados os tipos de cursos e os recursos que eles oferecem, muitas vezes fazem os estudantes cairem em armadilhas, e assim atrasa cada vez mais o processo de aprendizagem e dificulta depois uma nova tentativa, pois muitos desanimam de tentar aprender Inglês, pois concluem que talvez não tenham jeito para com a língua inglesa, ou que não entra na cabeça ou que falar inglês é muito difícil e irreal.

Comece com materiais simples que possam causar estímulos em sua audição, que fixem em sua memória e principalmente, que tornem o aprendizado do Inglês prazeroso e divertido.

Material de Inglês pela Cambridge English 

Aqui falamos sobre tornar o aprendizado do Inglês simples, descomplicado, e evitando partir de ferramentas que envolvam traduções, gramáticas ou estruturas muito complexas, pois isso deixa o estudo complexo e desestimulante.

Como você notou neste material de Cambridge, são músicas e textos para Crianças – Kids, perceba os estímulos, como citei anteriormente, a importância da repetição, dentro de uma forma inteligente e estruturada.

Você pode também, gradativamente, ir aumentando o nível de dificuldade do que você está aprendendo Inglês, à medida que o conteúdo vai se tornando fácil. E pode também ir aumentando a velocidade das músicas e/ou textos que você está ouvindo, dessa forma seus ouvidos vão abrindo mais, pois como eu disse antes, é importante você ir repetindo o que você escuta e se ouvindo, pois assim você consegue ir corrigindo sua própria pronúncia.

Imersão no Inglês

Assim como falamos até agora sobre a forma do aprendizado natural que ocorre com qualquer pessoa na infância, podemos concluir que estivemos imerso na nossa língua mãe e dessa maneira, tínhamos contato frequente, dia à dia, com a língua falada pelos adultos. Isso quer dizer que uma criança que fala inglês, aprende a falar porque têm muito contato com o Inglês.

Portanto, significa que quando mais contato você também tiver com a língua, mais rápido você irá falar inglês, por isso as escolas do exterior, de Intercâmbio, que recebem estudantes do mundo todo, geralmente conseguem ensinar Inglês em um tempo recorde, ou seja, muito maior do que as escolas que estão aqui no Brasil, por exemplo.

Eses estudantes além de estarem imersos no idioma Inglês, eles ja estão ali focados em aprender, já fizeram o seu “sacrifício”de sair de seus países de origem, para mergulharem de cabeça na experiência da Imersão o Inglês que um país gringo proporcional.

Por outro lado, você também pode conseguir a mesma experiência de aprender Inglês rápido sem sair de casa, ou seja, através da Imersão no Inglês, desde que tenta este mesmo contato frequente, diário com a língua, através de um método que te prorcione os estímulos corretos.

Nós aqui da escola, promovendo uma imersão no Inglês através do Método Callan, que é uma metodologia utilizada por centenas de escolas de intercâmbio do mundo todo, que promovem aulas de Inglês intensivo, ou seja, são aulas de Inglês todos os dias!

O método Callan foi desenhado para promover esse processo de maior contato com o Inglês falado, através de aulas cuja abordagem é comunicativa, promovendo assim estímulos nos alunos.

Os alunos ouvem e falam Inglês o tempo todo da aula, e não utilizam tradução. Dessa forma aprendem a pensar diretamente em Inglês, sem necessidade de ficar perdendo tempo com exercícios, jogos, dicionários ou qualquer outro recurso que os leve à desenvolver vícios de traduções, etc.

Os alunos que aprendem através do método Callan conseguem aprender a pensar em Inglês e evoluem muito mais rápido, pois treinam o Inglês com performance, através de 04 aulas de 50 minutos por dia; e não ficam limitados à estudarem teorias e regras do Inglês, e a prática do idioma, o que torna a aula muito mais dinâmica e bem diferente dos cursos convencionais, onde a conversação é trabalhada depois de 4, 5 ou até 6 anos de curso. No Callan é desde o primeiro dia de aula que os alunos falam Inglês!

O aprendizado é realmente acelerado, por isso o Método Callan trabalha com o slogam: Inglês em um quatro do tempo… os cursos de Inglês são de  curta duração, o aluno vai do nível mais básico / iniciante do Inglês, até o avançado em apenas 24 meses (em média); respeitando os critérios de conteúdos e habilidades adquiridas regidos pela CEFR (Common European Framework), vide o quadro CEFR no link abaixo; E o aluno que termina o curso de Imersão no Inglês com o método Callan, ainda ganha o certificado Internacional, que é válido em qualquer outra escola Callan presente em mais de 40 países. Além de poder também prestar o Cambridge Exams – Exame internacional de proficiência da língua Inglesa.

Quer saber mais sobre como participar da Imersão no Inglês em casa com o Método Callan?     Clique aqui

British Council 

Como o Método Callan é um processo de ensino do Inglês de forma direta, a velocidade de aprendizado acaba sendo quatro vezes mais rápida que os métodos tradicionais, pois como citei, a abordagem comunicativa de ensino, alinhada à forma direta com estruturas de repetição inteligente e focada no conteúdo de forma clara e objetiva, permite o aprendizado natural do adulto de forma rápida e eficiente, dessa forma, com o Callan Method é possível aprender a pensar diretamente em Inglês, assim como um gringo.

E por falar em evitar traduções durante o processo de aprendizagem do Inglês, este é um ponto muito importante que pode travar o aprendizado, principalmente da Fala em Inglês.

Como comentei já, traduzir é um vício que vejo em muitos estudantes, pois para poder desenvolver uma boa comunicação em Inglês, é necessário condicionar seu cérebro à pensar diretamente em inglês, isso quer dizer que diante de palavras ou melhor, frases em Inglês, o ideal é buscar entender o contexto da conversação e não a tradução de palavra por palavra.

Traduzindo você cria o hábito de ficar dependente do dicionário, e seu cérebro irá buscar sempre tentar entender em Português, qualquer coisa que você veja em Inglês, ou seja, você deve exercitar pensar em inglês, até que isso torne-se uma habilidade, pois a criança que nasce nos Estados Unidos não precisou de tradução para aprender Inglês, concorda?

Para te ajudar com esse tópico, eu recomendo que quando você se deparar com palavras ou frases em Inglês que você não esteja conseguindo de jeito nenhum entender o contexto diretamente em Inglês, você então procure o sinônimo da palavra ou frase, de inglês para inglês.

The Saurus

Esta é uma ferramenta grátis que te permite buscar o sinônimos de palavras e vocabulários, assim você irá pesquisar o sentido de suas frases diretamente em Inglês, sem que você precise traduzir para o Português.

Buscar entender o sentido sem traduzir vai te levar à falar inglês mais rápido, pois sem perceber você estará pensando em Inglês, entendendo contextos e tudo passará a ficar mais rápido e claro dentro das habilidades que você for desenvolvendo com a língua inglesa.

Estas são as dicas para te auxiliar na escolha do melhor curso de Inglês online para você falar inglês rápido com eficiencia, continue acompanhando os artigos por aqui.
See you later    🙂